quinta-feira, 30 de outubro de 2014

"...E Vênus era o nome dela..." o grande sucesso de Bananarama



"Venus" é uma canção de 1969 da banda holandesa Shocking Blue que levou o grupo ao primeiro lugar nos EUA e em cinco países ao redor da Europa em 1970. Quando regravado pela banda Bananarama, a canção retornou ao primeiro lugar nos EUA e também em seis outros países ao redor do mundo em 1986. A composição tem sido destacada em vários filmes, programas de televisão e comerciais, e regravada dezenas de vezes por artistas ao redor do mundo.

Lançado no final de 1969 como um single do álbum At Home, o single da banda Shocking Blue atingiu o primeiro lugar na Billboard Hot 100 em 7 de Fevereiro de 1970. A certificação da RIAA veio em 28 de Janeiro de 1970 por vender mais de um milhão de cópias nos EUA, garantindo uma certificação disco de ouro. Mundialmente, o single vendeu mais de 7,5 milhões de cópias.
A voz principal da canção é feita por Mariska Veres. A melodia e a letra da canção são compostas por Robbie van Leeuwen, o guitarrista, sitarista e vocalista de fundo da banda, que também produziu, junto com o produtor de álbuns Jerry Ross.
Van Leeuwen usou "The Banjo Song", um arranjo de "Oh! Susanna" em um álbum de 1963 por The Big 3, como sua inspiração; o baixo, os riffs e a melodia soam exatamente iguais. Entretanto, a banda The Big 3 nunca reivindicou como sendo plágio.

"Venus" tem sido parte do repertório da banda Bananarama por vários anos antes da banda gravá-la. As três integrantes do grupo, Sara Dallin, Siobhan Fahey, e Keren Woodward, tiveram a ideia de tornar a canção em uma melodia em dance music, mas tiveram resistência de seus produtores na época, Steve Jolley e Tony Swain. A banda Bananarama trouxe a ideia para o trio de produtores Stock Aitken Waterman, e isso tornou-se na primeira colaboração da banda Bananarama com eles.

Dallin, Fahey, e Woodward tinham praticamente terminado de gravar seu terceiro álbum, entitulado True Confessions, com Jolley e Swain. Stock, Aitken e Waterman também resistiram a ideia porque acreditavam que "Venus" não seria um boa canção em dance. Após a persistência das garotas, Stock Aitken Waterman (SAW) voltaram atrás, e o resultado foi um sucesso mundial. A versão de Bananarama para a canção "Venus" foi ao primeiro lugar nos EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Suíça, México e África do Sul. Foi número dois na Alemanha e em Hong Kong e ficou entre os dez primeiros na Itália, Áustria, Bélgica, Finlândia, França, Países Baixos, Suécia, Colômbia, Noruega, Portugal, Espanha e em sua terra natal, Reino Unido, onde ficou em oitavo lugar na UK Singles Chart. Também ficou duas semanas na liderança da parada musical Hot Dance Music/Club Play da Billboard.
A colaboração em "Venus" fez com que Bananarama e SAW trabalhassem juntos no álbum seguinte do grupo, Wow! no ano seguinte.
 
Clipe 
O clipe da canção foi muito exibido na MTV e em outros canais ao redor do mundo, e mostrou a banda Bananarama em vários trajes, incluindo uma súcubo, uma tentadora francesa, uma vampira, e várias deusas gregas. Em uma sequência do vídeo, O Nascimento de Vênus, a pintura de Sandro Botticelli, foi reencenada. Coreografia de Bruno Tonioli. Clipe dirigido por Peter Care.

Integrantes
No início da década de 1980 forma-se o grupo Bananarama como um trio, com Siobhan Fahey, Keren Woodward e Sara Dallin, obtendo muito sucesso entre 1982 e 1989. Em 1988, Siobhan Fahey descontente com o percurso que a banda tomava, sai do grupo e forma com Marcella Detroit a banda Shakespears Sister. Siobhan é substituída por Jacquie O'Sullivan, mas apenas até 1991. Desde aí, a banda mantém-se como duo com Sara Dallin e Keren Woodward.
  • Sara Dallin – Vocais
  • Siobhan Fahey – Vocais
  • Keren Woodward – Vocais


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Billy Idol lança primeiro disco inédito em dez anos!

Quem voltou com tudo é o cantor Billy Idol, grande ícone dos anos 80 e que andava meio sumido – afinal de contas, ele não lança um disco novo há pelo menos dez anos. Um dos maiores ícones dos anos 80, o músico anunciou um novo disco de estúdio chamado Kings & Queens Of Underground, o primeiro de inéditas desde Devil’s Playground, de 2005.

Na mesma ocasião, ele publica sua autobiografia chamada “Dancing With Myself”. Billy começou sua carreira ainda nos anos 70 fazendo parte da banda punk inglesa Generation X, mas só foi explodir mesmo quando lançou-se em carreira solo, produzindo dezenas de hits que venderam milhões de discos ao redor do mundo.
Ouça Can’t Break Me Down, novo single do astro.
 

De Volta para os Anos 80 - A Festa


Febre nos Anos 80, Kátia quer parceria musical com Edu Camargo

 
O talento de Edu Camargo não chamou atenção apenas dos técnicos do The Voice Brasil. A cantora Kátia Oliveira, que também é deficiente visual e fez sucesso na década de 80 com repertório romântico, gostou muito da performance do músico. Ela acredita que a participação dele no reality deixará um grande legado para todos e revela que gostaria de fazer um trabalho musical com Edu.
“Espero poder trabalhar, produzir ou compor algo com ele. Até o momento, só nos falamos pelas redes sociais. A deficiência visual faz parte da vida dele assim como da minha e é apenas um item. O que conta é o talento. Gostei dele porque me atraiu como artista. Quando se destacou no The Voice, ele se tornou formador de opinião para outros deficientes. O Edu vai ser um espelho para que outros sigam seus passos”, declara Kátia.
Ao saber do elogio de Kátia e da vontade da cantora de fazer uma parceira musical com ele, Edu abriu um grande sorriso de felicidade: “Conheço o trabalho da Kátia. Fiquei muito feliz de saber que ela elogiou minha apresentação. Uma pessoa com tamanha presença querer trabalhar comigo vai ser um prazer”.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Geração Pet Shop Boys


Pet Shop Boys é formada por Neil Francis Tennant e Christopher Sean Lowe no início dos anos 1980.
São, ao lado de outros grupos, responsáveis pela ascensão da música pop eletrônica entre meados das décadas de 80 e 90, sendo considerados, por grande parte da imprensa britânica especializada, a maior dupla de pop eletrônico devido às letras inteligentes e à ousadia de muitos de seus arranjos.
É a dupla de maior sucesso na história do Pop Inglês, com 36 músicas no top 20, 22 músicas no Top 10 e 11 álbuns top 10 na Inglaterra, atingindo vendas superiores a 100 milhões de discos no mundo inteiro. Em dezembro de 2006, o Pet Shop Boys foi indicado a 2 Grammy Awards por Best Dance Recording (I'm With Stupid) e Best Electronic/Dance Album (Fundamental - EMI).
Em Março de 2009 lançam seu mais novo álbum, chamado Yes, aclamado por público e crítica é considerado o sucessor de Very, álbum de 1993 e de maior sucesso da dupla até hoje.De Yes saíram os sucessos Love etc e Did you see me coming? (Ambas 1º lugar na billboard).
Seus maiores sucessos incluem as canções West End Girls, Domino Dancing, It's A Sin, Always On My Mind (versão original de Elvis Presley) e Go West (versão original do Village People).
Em setembro de 2012 os Pet Shop Boys lançaram seu 11º álbum, chamado Elysium, gravado em Los Angeles. E teve como single a música Winner.Depois vieram mais dois singles a música Leaving (10ª posição na Billboard Dance) e Memory of The Future.
Em Julho de 2013 os Pet Shop Boys lançaram o 12ª álbum da carreira, chamado de Electric, com produção de Stuart Price (que já produziu álbuns para Madonna e New Order), e tem como o single a música Axis.O álbum tem recebido pela crítica internacional aclamação como um dos melhores trabalhos de toda sua carreira, segundo um crítico comentou: Com Electric, os Pet Shop Boys se sucedem espetacularmente!

 A inclinação para a música começou cedo: Neil compunha desde os 11 anos de idade e Chris tocava trombone e piano também desde pequeno. Entre 70 e 71, Neil tocou violão e cantou numa banda folk chamada Dust. Em 72, mudou-se para Londres para estudar história na Polytechnic of North London. Começou a trabalhar como editor correspondente da Marvel Comics, passando por outras duas editoras e finalmente foi parar na revista Smash Hits, especializada em música pop. Chris chegou a ser tecladista numa banda heavy chamada Stallion, na escola onde estudava. Na mesma escola fazia parte da orquestra tocando trombone, além de ser um dos 7 integrantes de uma banda de jazz local: One Under The Eight. Em 78 foi estudar Arquitetura na Liverpool University. Os dois se conheceram em 81, numa loja de discos de King's Road - Neil já trabalhava como crítico musical e Chris estagiava como arquiteto. De um simples bate-papo sobre gostos musicais surgiram os Pet Shop Boys. No início eles se denominaram West End (região da cidade de Londres), mas depois adotaram definitivamente o nome "Pet Shop Boys" por causa de uns amigos de Chris que trabalhavam numa loja de animais de estimação (Pet Shop).


Música

  • Madonna - Os Pet Shop Boys produziram o remix da música "Sorry", do álbum Confessions On A Dance Floor (2005). O resultado é um excelente remix usado na turnê do mesmo álbum, The Confessions Tour, de 2006.
  • Elvis Presley - Gravaram em 1987 a música "Always On My Mind", canção gravada por Elvis em 1972, só que simplesmente essa canção não era conhecida do grande público, o que só viria a acontecer dez anos mais tarde com a regravação de Willie Nelson e logo depois a versão dos Pet Shop Boys. No entanto a primeira gravação ocorreu também em 1972 com a cantora Brenda Lee. Os compositores são Wayne Thompson, Mark James (Suspicious Minds) e Johnny Christopher.
  • Dusty Springfield - Dueto em "What Have I Done To Deserve This?" e composições da dupla em um de seus álbuns;
  • Liza Minelli - Os Pet Shop Boys produziram e compuseram para o seu álbum Results;
  • Eight Wonder - Gravou "I'm Not Scared", de autoria da dupla;
  • Sterling Void - Gravaram "It's Alright", regravada pelos Pet Shop Boys em 1988;
  • Robbie Williams - Regravou "I Wouldn't Normally Do This Kind Of Thing" e em dueto na música "She's Madonna", sendo esta última uma homenagem à cantora Madonna.
  • U2 - Autores de "Where The Streets Have No Name", regravada pelos Pet Shop Boys em 1990;
  • Electronic - Os Pet Shop Boys colaboraram em 2 faixas do seu álbum de estréia e, mais tarde, no single "Disappointed";
  • Kylie Minogue - Gravou "Falling" e fez um dueto em "In Denial", ambas de autoria dos Pet Shop Boys.
  • Tina Turner - Gravou "Confidential", escrita pelos Pet Shop Boys.
  • David Bowie - Dueto com os Pet Shop Boys em "Hallo Spaceboy".
  • Elton John - Dueto com os Pet Shop Boys em "Believe/Song For Guy", que foi executada inicialmente em um programa de TV e depois gravada em estúdio (ainda não lançada).
  • Frankie Valli - Na música "Where The Streets Have No Name" do U2 ela é misturada com a música "Can't Take My Eyes Off You" de Frankie Valli.
  • Boy George - Na Música "The Crying Game", da trilha sonora de um filme de mesmo nome, os Pet Shop Boys fizeram o instrumental e os backingvocals, ficando os vocais a cargo de Boy George.
  • Village People - Os Pet Shop Boys regravaram "Go West" do Village People que se tornou um dos seus maiores hits.
  • Girls Aloud - Os Pet Shop Boys co-escreveram e produziram a canção "The Loving Kind" do álbum Out of Control do grupo, de 2008
  • Lady Gaga - Os Pet Shop Boys fizeram um remix da música "Eh, Eh (Nothing Else I Can Say)" do álbum The Fame (2008) presente no album de remixes The Remix (2010)
  • Rammstein - Os Pet Shop Boys fizeram um remix da música "Mein Teil" do álbum Reise, Reise (2004) presente no disco 2 do album "Made in Germany" (2011)
  • Gamma Ray - O grupo alemão de power metal gravou um cover para It's a Sin no álbum Power Plant de 1999.
  •  
Go West foi lançada como single em 6 de Setembro de 1993, embora seja um cover do grupo Village People. Foi tocado pela primeira vez pelos Pet Shop Boys no club The Haçienda, um ano antes. A ideia do cover Go West partiu de Chris Lowe (tecladista dos Pet Shop Boys). Ele estava em seu apartamento tocando, como algumas vezes faz, o álbum Greatest Hits do Village People, quando pensou que Go West seria uma ótima música a ser tocada, uma música sobre idealizações que, cantada por Neil Tennant (vocalista dos Pet Shop Boys) soaria esperançosa, já que a letra é muito inspiradora mas parece que o objetivo nunca é alcançado. O vídeo, com cenas na Praça Vermelha de Moscou, cativa um lado que faz lembrar a Guerra Fria, com os Pet Shop Boys fantasiados, Neil de Azul e Chris de Amarelo, ambos com "capacetes" azul e amarelo na cabeça.

Pet Shop Boys e o Brasil

 

A dupla se apresentou ao vivo no Brasil em várias ocasiões. A primeira vez foi em 1994, quando realizou shows no Rio de Janeiro, depois em São Paulo pela Discovery Tour.
Musicalmente, a dupla mostrou influências assumidamente brasileiras no álbum Bilingual, de 1996, álbum imediatamente posterior à primeira passagem pelo Brasil, onde utilizaram um excerto da obra da artista Astrud Gilberto e sons de percussão semelhante ao grupo Olodum. As influências mais explícitas estão na música Se a vida é, do mesmo álbum.
Voltaram somente em 2004, apresentando-se apenas uma vez, no TIM Festival, que aconteceu em São Paulo.
Em 2007 estiveram em São Paulo, nos 16 e 17 de março de 2007, apresentando-se no Credicard Hall. Na mesma época passaram pelo Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte.
Em Outubro de 2009, pela turnê Pandemonium, apresentaram-se em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e, pela primeira vez, em Brasília.
Retornaram em 2010 para tocar num evento fechado de operadora de TV.
Em Maio de 2013 apresentaram o seu novo álbum Elysium no Sónar 2013 (Festival de Música Avançada e New Art Media) em São Paulo.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Vem aí Uma Noite nos Anos 80

Vem aí a Uma Noite dos Anos 80, o melhor festa retrô da cidade.  Garanta seu ingresso antecipado.Vá até um dos pontos de vendas e adquira seu passaporte para a melhor noite "ANOS 80" de Curitiba.

:

VALORES DE INGRESSOS:

Antecipado
Feminino - R$ 15,00
Masculino - R$ 20,00

No dia
Feminino - R$ 25,00
Masculino - R$ 30,00

Informações:
(41)9955 2131 ou 9652 3776

Reservas de mesas e Camarotes:
(41)3013 5164



ONDE COMPRAR INGRESSO ANTECIPADO?
Garanta seu ingresso antecipado (limitado) nos seguintes endereços:
* Lojas DR. ROCK nos Shoppings Metropolitan e Jardim das Américas, de 2ª a 6ª das 10:00 as 19:00h e sábados das 10 as 18:00h
* Na Rua Chile 2077, quase esquina com Nunes Machado, de 2ª a 6ª das 8:30 as 18:00h e sábados das 9:00 as 13:00h.
* No Jokers Pub, Rua São Francisco 164, de 2ª a sábado das 11:30 as 15:00.


quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Por onde anda La Bouche?


Vamos avançar um pouco até o 1994 para falar de La Bouche. A banda estreou com o single "Sweet Dreams" em 1994 e foi sucesso na América Latina, Europa e Austrália.
O próximo hit, "Be My Lover", chegou ao número 1 na Alemanha e Suécia, além de alcançar o Top 10 em catorze países europeus. "Be My Lover" foi número 1 no Hot Dance Club Play dos EUA em 1995 e subiu para o número 6 no Billboard Hot 100  no início de 1996. A música foi então relançada no Reino Unido e atingiu a posição número 25 no UK Singles Chart. O hit foi vencedor do prêmio ASCAP para a "música mais tocada nos EUA", além de vender 6 milhões de cópias no mundo inteiro. No Brasil, a música foi umas das mais executadas nas rádios daquele ano e também integrou a trilha sonora internacional da novela “A Próxima Vítima", uma sucesso televisivo desta época.
Melanie Thornton teve seu primeiro contato com o sucesso nas paradas americanas como vocalista da grupo Le Click com o hit "Tonight Is The Night", que alcançou número 68 na Billboard Hot 100. Esta música foi incluída no álbum “Sweet Dreams” (na versão dos EUA, lançado em 1996) e chegou ao número 28 na Billboard 200. Isto foi certificado com um platina duplo pela RIAA por ter vendido mais de 8 milhões de cópias no mundo inteiro.
Em 2000, Thornton deixou o grupo para seguir carreira solo. Ela foi substituída por Natacha Wright e o single "All I Want" foi lançado em abril do mesmo ano. Enquanto isso, Thornton estava subindo nas paradas alemãs com seu hit solo, "Love How You Love Me".

No final de 2001, Thornton foi convidada para gravar a música "Wonderful Dream (Holidays Are Coming)", especialmente para o comercial de Natal da Coca-Cola. Melanie estava promovendo seu álbum “Ready To Fly”, quando morreu em um acidente com o Voo Crossair 3597 em Bassersdorf, perto de Zurique, em 24 de Novembro de 2001. Após sua morte, o single tornou-se seu maior sucesso, alcançando o número 3 nas paradas alemãs.

Em novembro de 2002, um ano após a morte de Thornton, Frank Farian, produtor do La Bouche preparou um tributo à cantora, intitulado "In Your Life", uma canção não que tinha sido gravada. O single foi lançado mundialmente em 2002 e nos EUA em 2003. Ele chegou a posição número 9 no Hot Dance Club Play .

Músicas incluídas em trilhas sonoras

  • "Sweet Dreams" - trilha sonora da novela Pátria Minha, 1994
  • "Be My Lover" - trilha sonora da novela A Próxima Vítima, 1995
  • "Falling In Love" - trilha sonora da novela História de Amor, 1995
  • "Say You'll Be Mine" - trilha sonora da novela Corpo Dourado, 1998

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Vanessa Paradis


Vanessa Chantal Paradis se tornou uma das cantoras mais conhecidas de sua geração aos 14 anos com seu primeiro single, "Joe le taxi" (que originou depois a música "Vou de Táxi", da cantora Angélica), e desde então leva uma carreira consistente na música e no cinema.
Ela é sobrinha do ator e produtor Didier Pain e irmã da atriz Alysson Paradis.
De maio de 1998 até junho de 2012 , esteve em um relacionamento com o ator americano Johnny Depp, pai de seus dois filhos. Ela fez sua primeira aparição televisiva no dia 3 de maio de 1981 no programa da televisão francesa L'école des fans, que dá às crianças a oportunidade de se apresentarem artisticamente. Ela cantou a música "Émilie Jolie".
A carreira de Vanessa Paradis começa de fato em abril de 1987, com a música "Joe le taxi". Aos 14 anos, ela fica em primeiro lugar da parada francesa por 11 semanas (mais de um milhão de vendas) e conhece o sucesso no exterior: primeiro lugar na Bélgica por 13 semanas, no Canadá durante 8 semanas, na Suíça e em Israel , assim como na Inglaterra (o que não acontecia com uma música francesa desde "Je t'aime… moi non plus" de Serge Gainsbourg e Jane Birkin, em 1969). O single foi lançado em todos os continentes e foi comercializado nos Estados Unidos em março de 1989. Vanessa também gravou uma versão em espanhol ("Joe el taxi"). No Brasil, a canção fez sucesso na voz de Angélica), que fez uma versão em português ("Vou de Táxi"). O sucesso do single veio acompanhado de uma grande onda de rejeição por parte do público francês em relação a Vanessa .
Após 2 meses de divulgação no exterior, em dezembro de 1987 saiu o seu segundo single, "Manolo Manolete". Apesar das boas vendas, a música foi muito criticada pelo seu tema polêmico: a tourada.

1988-1994 : Os primeiros álbuns Em 1988, sai seu primeiro álbum, M & J . 4 singles são lançados: "Marilyn & John" (que ganha uma versão em português com a cantora Angélica, chamada "Passageiro do amor"), "Maxou", "Coupe coupe" e "Mosquito". Graças ao sucesso de "Joe le taxi", ele se beneficia de um lançamento mundial, mas faz sucesso apenas na França

1989 : O primeiro filme



Em 1989, Vanessa Paradis, com 16 anos, grava seu primeiro filme, Boda Branca, onde ela aparece nua. Ela faz Mathilde, uma colegial perdida e marginalizada que vive uma paixão destrutiva com seu professor de filosofia.


2000-2001 : Novo álbum e retorno aos palcos 

Após anos se dedicando apenas ao cinema e o nascimento de sua filha, a cantora lança em outubro de 2000 seu quarto álbum, Bliss . Pela primeira vez, um álbum seu tem vários compositores. "Commando", o primeiro single só alcança a 43º posição da parada francesa. Os singles "Pourtant" e "Que fait la vie?" também são enviados às rádios, mas não são comercializados. Ela começa uma segunda turnê a partir de março de 2001

2007-2008 : Divinidylle



Vanessa durante a Divinidylle Tour em 2007.
Após o nascimento de seu filho e o lançamento de vários filmes, sai em setembro de 2007 um novo ábum, Divinidylle. Esse 5º disco é quase inteiramente composto por Matthieu Chedid, mas também pela própria Vanessa, entre outros. 3 singles são lançados ("Divine idylle", "Dès que j'te vois" e "L'incendie") fazendo do álbum um grande sucesso na França: nº 1 nas paradas francesas vendendo mais de 500 mil cópias. A capa do álbum é feita por Johnny Depp, assim como a direção do videoclipe de "L'incendie".

2004-2007 : Um retorno que não convence

Após ter duas crianças e fazer um álbum e uma turnê, Vanessa volta à cena no dia 21 de julho de 2004 com o filme Atomik Circus, dirigido pelos irmãos Poiraud, onde ela atua com Jason Flemyng e Jean-Pierre Marielle. Lançado em pleno verão francês e extenuado pela crítica, o filme é um fracasso e só consegue 239 000 espectadores.
Em 2004, ela grava também Meu anjo, o 1º filme de Serge Frydman (roterista de A mulher e o atirador de facas), onde ela contracena com Vincent Rottiers e Eduardo Noriega. Ele só permanece 3 semanas em cartaz conseguindo apenas 178 000 espectadores.


.